RESULTADO DE EXAMES

Arraiá Juntos e Shallow promove integração entre usuários, seus familiares e Apae de Vitória

foto destaque
Apae Vitória
08 de julho de 2019
O evento aconteceu na quadra de esportes da instituição, nesse sábado, 6
Comidas típicas, forró e muita alegria marcaram o Arraiá Juntos e Shallow Now, da Apae de Vitória, realizado nesse sábado, 6. O evento reuniu usuários e seus familiares, funcionários, colaboradores e convidados na quadra de esportes da instituição. 

O marco da festa foram as danças feitas pelos usuários, que encantaram a todos com a interpretação de músicas como Puxada de Rede, da banda Maninal  e Xote Capixaba, do Trio Forrozão, ambas do Estado. 

Os estudantes de quatro turmas ensaiaram durante um mês e meio para a apresentação, quase que diariamente, explica a coordenadora pedagógica do Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE), Luciana Feltmann, que estava na organização da atividade.

A usuária Maria Clara Sabadini Girão expressou animação ao comentar os ensaios e a festa. Ela participou da dança da música Puxada de Rede. “Eu vou sambar. Tô animada. Eu gosto de dançar”, disse. A mãe de Maria Clara, Alessandra Sabadini Girão, destacou a importância do arraiá como promotor da cultura.

“O evento é extremamente importante, porque é uma manifestação cultural e reúne as pessoas. Eu por exemplo, mudei o horário da Maria Clara na Apae, e, hoje [dia do arraiá] eu posso ver pessoas que eu não via há algum tempo. É uma oportunidade também da criança interagir”, comentou Alessandra.

A mãe do usuário Marcelo Caus Sampaio, Eliana Caus Sampaio, também destacou a importância da união entre família e instituição na promoção da cultura popular.

“Esse é um evento maravilhoso. Ele mostra a integração entre família e instituição. É um momento que a colaboração de todas essas mãos fazem esse evento se tornar lindíssimo. É um momento grandioso, de celebração da cultura popular, uma cultura que envolve todos, não só as pessoas “comuns”, mas também as pessoas com deficiência”, observou Eliana.  

“A festa julina, pra nós, tem um significado além de cultural e folclórico, tem o objetivo de confraternizar.  Pudemos perceber a participação da família, os nossos usuários, funcionários todos juntos em uma grande festa. O significado maior, pra nós, é essa confraternização, essa alegria”, destacou a presidente da Apae de Vitória, Maria Luiza Dadalto. 

Brincadeiras 
Além das danças, os usuários puderam "pescar" presentes, como bolas e jogos educativos, na pescaria. A brincadeira era uma das mais queridas pelos usuários, que faziam filas para participar. Em relação às comidas típicas, estavam à venda bolo de aipim, pé-de-moleque, cocada, canjica e outros. Cada usuário ganhou um kit, com fichas para trocar pelos quitutes e pela pescaria.

Rainha 
A usuária Suzana Santana da Costa demonstrou alegria e satisfação ao comentar sobre a sua vitória como rainha do Arraiá.
 
“Eu me sinto maravilhosa, que todas as festa eu participo e ganho. Deus me ajudou e eu ganhei. Eu agradeço todo mundo que votou em mim. A dança foi maravilhosa”, comentou Suzana. Ela foi escolhida rainha do arraiá pelos usuários.

Doações
A realização do arraiá contou com o apoio das seguintes empresas: Cerimonial Maison Orange, Padaria D’bairro, Padaria Lebut, Padaria Monte Líbano (Santa Lúcia), Sollo Call Center, Extrafruti e Extrabom (Praia do Suá); os conselhos regionais de Administração (CRA) e Contabilidade (CRC), a faculdade Faesa e a Oficina das Letras. Os familiares dos usuários e os funcionários da Apae de Vitória também colaboraram.

Clique aqui e confira imagens da festa!