RESULTADO DE EXAMES

Apae de Vitória participa do desfile cívico-militar de Sete de Setembro

foto destaque
Apae de Vitória
09 de setembro de 2019
Solenidade aconteceu na Avenida Beira Mar, no Centro da capital capixaba
A Apae de Vitória participou do desfile cívico-militar de Sete de Setembro, em celebração aos 197 anos da proclamação da Independência do Brasil. Usuários, seus familiares e funcionários da instituição marcaram presença no evento, realizado na Avenida Beira Mar, no Centro da capital capixaba, nesse sábado, 7 de setembro.

A Apae de Vitória, em parceria com a Apae de Cariacica (banda Fanfarra), abriu o desfile cívico, que foi seguido da Legião da Boa Vontade (LBV) e outras instituições civis, antes dos desfiles do exército e das polícias. Os desfiles aéreo e marítimo antecederam a Apae. O evento integra a Semana da Pátria, organizada pela Casa Militar, ligada ao Governo do Estado, em comemoração à Independência do Brasil.

Primeira vez 
Este foi o primeiro ano de participação da Apae de Vitória na solenidade. A instituição foi convidada pela Casa Militar a participar do desfile. A presidente da Apae, Maisa Dadalto, destacou a importância do evento para os usuários. "O convite da Casa Militar para participar deste 7 de Setembro, do desfile, foi uma honra muito grande, até uma surpresa, porque a Apae nunca participou. Foi a primeira vez. Isso, para os nossos usuários tem uma importância muito grande. Também estamos dando visibilidade ao trabalho da Apae", pontuou a presidente.

Os usuários da Apae desfilaram com uma camisa amarela com as palavras “Diversidade & Participação & Inclusão” estampadas. De acordo com o coordenador do Centro de Convivência da Apae de Vitória, Crystian Moraes Silva Gomes, as expressões são palavras-chave do Relatório Mundial Sobre a Deficiência, da Organização Mundial da Saúde (OMS), “que é o documento mais importante do mundo para nortear as ações de reabilitação e inclusão social das pessoas com deficiência”. 

“A gente acredita que diversidade, inclusão e participação apoiam a causa da pessoa com deficiência e permitem a luta por outras minorias”, apontou Gomes.

Preparação para fazer bonito 
Os usuários ensaiaram durante um mês para o desfile. Participaram a Banda de Congo da Apae de Vitória, o Centro de Convivência, o Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE) e a Banda Fanfarra da Apae de Cariacica, que foi convidada pela Apae de Vitória para compor o desfile. 

O usuário da Apae de Vitória Sidnei Ramos dos Santos, que fez a dança da fita durante o percurso, mostrou-se empolgado e feliz com a participação no evento.  “Eu gostei de desfilar. Da fita. Eu danço mesmo. Eu gosto de dançar”, declarou.  

“É muito importante para gente, pois sempre queremos ser vistos e lembrados. Mostrar a importância da inclusão, e a gente veio participar, nos preparamos por um mês pra esse desfile, com a banda de congo, e convidamos a banda Fanfarra da Apae de Cariacica, o grupo de dança. Foi um envolvimento muito único. Juntamos toda a Apae para poder participar e se envolver e fazer um movimento bem bacana”, comemorou o educador físico da instituição Vitor Cratz.