Nota premiada Capixaba é assunto da reunião entre Feapaes-ES e Sefaz

foto destaque
Apae-ES
02 de junho de 2021
Programa tem o objetivo de beneficiar as instituições sem fins lucrativos do Espírito Santo, além de ajudar na arrecadação tributária do estado.

Hoje (2), Vanderson Pedruzzi Gaburo, presidente da Federação das Apaes do Estado do Espírito Santo (Feapaes-ES) participou de reunião com a representantes da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) para tratar a respeito do programa Nota Premiada Capixaba, que beneficia organizações da Sociedade Civil. Também estiveram presentes o secretário da Fazenda, Rogelio Pegoretti, e o deputado Dr. Hércules.

O programa Nota Premiada Capixaba tem o objetivo de beneficiar as instituições sem fins lucrativos do Espírito Santo, além de ajudar na arrecadação tributária do estado, através de um mecanismo que envolva e conscientize a sociedade capixaba sobre a importância de solicitar a nota fiscal e reverter benefícios para entidades das Organizações da Sociedade Civil que desenvolvem um relevante trabalho social.

"O programa Nota Premiada Capixaba" já é uma realidade e em breve estará disponível no Estado. Muito importante a inclusão das organizações da sociedade civil no programa e nas premiações, abrindo mais uma frente de captação de recursos. É um programa que alia a educação financeira com a responsabilidade social. Estamos juntos desde o início dessa discussão e agradecemos ao deputado Dr. Hércules pela indicação e luta para implantação desse instrumento e ao Governo do Estado, por meio da Sefaz, por acolher a inclusão das organizações sociais", disse Gaburo.

O programa funciona de forma simples. Ao se cadastrar no Programa a pessoa indica uma instituição, e ao realizar uma compra informando seu CPF na Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) ou na Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) o cidadão já está contribuindo para o desenvolvimento do nosso Estado, com instituições sociais cadastradas e ainda concorre a prêmios mensais e anuais em dinheiro. A entidade social sem fim lucrativo indicada no cadastro também receberá um prêmio extra equivalente a 50% do valor que for recebido pelo cidadão contemplado nos sorteios.