Desenvolvimento dos transtornos do espectro autista é tema de Painel ApaeES

foto destaque
Apae-ES
13 de maio de 2022
“Meu filho não saiu do TEA. Ele caminhou pelo espectro”, diz a jornalista e escritora Fátima de Kwant.
“Meu filho não saiu do TEA. Ele caminhou pelo espectro”, é assim que a jornalista e escritora Fátima de Kwant descreve o processo de desenvolvimento de Edinho de Kwant, diagnosticado com autismo nível três ainda criança.

Ela falou sobre a sua experiência, enquanto mãe e estudiosa do tema, na manhã desta sexta-feira (13), no Painel ApaeES “Caminhos do Espectro: Infância ao adulto”. 

Autora do livro “Caminhos do espectro”, Fátima dedicou-se a vida inteira a compreender melhor os transtornos do espectro autista para melhorar o bem-estar e qualidade de vida de seu filho. 

Durante o encontro, ela explicou como lidar com os medos, as dificuldades e como superá-las, um desafio para a maioria dos pais e responsáveis por crianças do espectro. 

O espaço foi um grande sucesso e atraiu espectadores de vários municípios do Espírito Santo, entre familiares de usuários das Apaes, funcionários e especialistas, que puderam tirar suas dúvidas e aprender mais sobre as diversas fases da vida de uma pessoa com TEA.

Os mediadores do espaço foram o presidente da Feapaes-ES, Vanderson Gaburo e Claudia Moura, consultora técnica em Educação pelo Instituto Uniapae-ES.

Se você perdeu o Painel, confira a gravação na íntegra no canal do YouTube da Feapaes-ES (www.youtube.com/apaees).