Apaes de Cachoeiro de Itapemirim e Nova Venécia são habilitadas como Centros Especializados de Reabilitação (CER) e atenderão pelo SUS

foto destaque
Apae-ES
24 de agosto de 2018
Portarias de Habilitação foram publicadas na Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla após 18 meses de articulação da Federação das Apaes do Espírito Santo
O Ministério da Saúde publicou no dia 24 de agosto as Portarias de Habilitação da Apae Cachoeiro de Itapemirim e da Apae Nova Venécia como Centros Especializados em Reabilitação (CER), do tipo II, para atendimento de pessoas com deficiência intelectual e deficiência física. As instituições atuarão dentro da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), sendo referência para 40 Municípios.
Essa conquista é fruto do trabalho da Coordenação de Saúde da Federação das Apaes do Espírito Santo nos últimos 18 meses e faz parte do esforço de ampliar a rede de serviços especializados à pessoa com deficiência no Estado.
De acordo com o presidente da Federação das Apaes do Espírito Santo, Vanderson Pedruzzi Gaburo, com essa nova realidade, as instituições tornam-se unidades de referência em suas regiões. “Isso amplia a rede de reabilitação no Estado e evita grandes deslocamentos, em geral para a Grande Vitória, das pessoas que precisam de atendimento especializado, beneficiando diretamente a população dessas regiões”, disse.
A Federação das Apaes do Espírito Santo agradece o apoio, junto ao Ministério da Saúde, do deputado federal Lelo Coimbra, e ao Governo do Estado e ao vice-governador César Colnago pelo empenho nos trâmites internos, num somatório de esforços para concretizar esse momento.
O Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, falou de sua expectativa com a habilitação. “Nós, do Ministério da Saúde, do Governo Federal, esperamos que com essas habilitações e com os recursos para equipamentos, possa ser oferecido à população do Espírito Santo melhor atendimento nesses centros especializados. Parabéns às Apaes do Espírito Santo pelo trabalho que realizam e desejo que tenham cada vez mais sucesso”.
O atendimento nas Apaes de Cachoeiro de Itapemirim e de Nova Venécia será norteado pela Portaria 793 do Ministério da Saúde, de 24 de abril de 2012, que instituiu a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no âmbito do SUS.
Em 2016, a Federação já havia conseguido a mesma habilitação para a Apae Colatina.
Na foto estão, da esquerda para a direita, o presidente da Federação das Apaes do Espírito Santo, Vanderson Pedruzzi Gaburo; o ministro da Saúde, Gilberto Magalhães Occhi; e o secretário de Estado da Saúde do Espírito Santo, Ricardo de Oliveira.